fechar negócio sem perder dinheiro

Como fechar negócio sem perder dinheiro na sua imobiliária?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Índice

O mercado imobiliário tem apresentado suaves sinais de melhora, mas ainda assim, imóveis encalhados são uma realidade para imobiliárias. Se a mentalidade, até então, era oferecer descontos altíssimos para desencalhar o imóvel, agora é o momento de rever essa estratégia para não perder dinheiro nas negociações.

A questão central é que imóveis encalhados são sinônimo de gastos com manutenção, documentação e divulgação. Frente a isso, os profissionais precisam negociar de modo a eliminar o prejuízo sem, por outro lado, deixar de lucrar com a venda ou o aluguel. O desafio é encontrar um equilíbrio entre preço justo, recompensa financeira e atratividade.

Confira as nossas dicas para alugar ou vender imóveis mais rápido com negociações vantajosas!

Como fechar negócio sem perder dinheiro?

Calcule o desconto sem perder o lucro de vista

Mesmo que o valor estipulado esteja dentro da média para a região, é comum que os inquilinos peçam para abaixar a mensalidade do aluguel. Mostrar-se inflexível em momentos como esse pode significar meses até encontrar outro locatário idôneo.

Para oferecer um desconto justo, especialmente para imóveis encalhados, a conta é simples:

1.Some o valor do aluguel às despesas mensais (IPTU, condomínio e limpeza);

2.Divida o resultado pelo valor de um ano de aluguel sem desconto;

3.O resultado é o percentual de desconto justo que compensa os gastos de continuar com um imóvel desocupado.

Outra opção é oferecer descontos temporários. Assim, uma recomendação é oferecer um desconto maior por um período de seis meses iniciais, por exemplo, e depois voltar ao preço normal. Pensando no valor integral, o reajuste acaba equilibrando as contas sem deixar de ser atrativo para o cliente. Isso porque mudanças costumam gerar gastos que vão além do valor do aluguel, como mobília e transporte, e economizar no início pode significar a viabilização do contrato para o cliente.

Ofereça ajuda nas despesas estratégicas

Negociar com o cliente melhorias necessárias como pintura ou manutenção, é uma alternativa rentável que permite que o valor do aluguel ou venda seja negociável. Outra tática possível é oferecer a quitação do IPTU no primeiro ano. Uma vez que os locatários costumam calcular o aluguel com os valores de encargos embutidos, impostos como o IPTU acabam tendo um peso grande no valor final.

Uma terceira possibilidade é manter convênios com profissionais que o cliente pode ter interesse em contratar, oferecendo preços mais competitivos, por exemplo:

  • Marceneiros;
  • Empreiteiros;
  • Arquitetos;
  • Decoradores;
  • Pintores,
  • Transportadoras para mudanças.

Esse tipo de diferencial é uma forma de oferecer uma oportunidade de economia para o interessado que pode impactar na decisão de fechar ou não negócio.

Gostaria de conhecer melhor nosso software para gestão de imobiliárias, o Imobiliária21? Entre em contato com um dos nossos consultores através do 0800 702 5700 ou acesse nosso site!

Receba conteúdos em seu e-mail