fotografia-imobiliaria

Fotografia imobiliária: sua importância e as melhores práticas

Fazer fotografias para divulgação de venda ou locação de imóveis é uma atividade que normalmente é vista como secundária. Porém, fotografar de forma profissional pode agregar valor aos seus anúncios e, consequentemente, trazer mais contratos. Leia o texto abaixo e saiba como potencializar seus anúncios imobiliários através da fotografia.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Índice

A fotografia imobiliária é um item essencial para trazer sucesso aos anúncios de locação e venda de imóveis. Ao utilizar estratégias adequadas, você consegue chamar a atenção de clientes e elevar as chances de fechar o contrato.

O primeiro contato que as pessoas têm com o imóvel é pelas fotografias no catálogo e essa impressão inicial é decisiva para despertar o interesse. Quer saber mais sobre a importância, como acertar na hora de fotografar e os erros a serem evitados? Continue a leitura e confira.

A importância da fotografia imobiliária

É preciso considerar a fotografia imobiliária como um recurso publicitário tradicional. Apesar de ter uma característica mais técnica e de mostrar os detalhes do imóvel ao cliente, também é importante que ela seja atraente e que valorize os pontos positivos do espaço.

Nesse sentido, podemos destacar que a fotografia com caráter publicitário produz sensações e isso pode ser usado a seu favor. Recursos como iluminação, enquadramento, altura e organização são essenciais para transmitir a ideia desejada ao cliente. 

Além das fotos do seu catálogo, os anúncios na internet têm um potencial muito grande a ser aproveitado. Por esse motivo, contar com ótimas fotos faz com que o seu imóvel se destaque entre os demais, além de passar maior confiabilidade para a imobiliária perante o cliente.

Dicas de como tirar fotos de imóveis 

Agora que você já sabe qual a importância da fotografia imobiliária, descubra como garantir que suas fotos fiquem mais profissionais.

Encontre o melhor ângulo

O ângulo adequado é essencial para conseguir boas fotografias. Para isso, você pode usar algumas técnicas. Uma dica para evitar distorções é fazer o clique sempre na altura dos olhos do fotógrafo.

Da mesma forma, é recomendado observar a regra das três paredes, que, como o nome indica, consiste em capturar sempre três paredes na mesma proporção. Isso trará maior organização para a sua imagem e uma melhor noção do espaço. Ao fotografar apenas a porta, por exemplo, a sensação que a imagem passará é de que o lugar é menor. 

Avalie o melhor horário para fotografar o imóvel

A iluminação é outro aspecto a ser observado nas suas fotografias. Se puder contar com algum equipamento para melhorar a qualidade da luz, ótimo! No entanto, é importante também observar como é a incidência da luz solar e quais os melhores horários para conseguir bons cliques.

Isso vale para o interior e exterior do imóvel. Geralmente, o período da manhã é o mais favorável, pois oferece uma iluminação mais pura. É um horário que valoriza todos os tipos de construção.

O entardecer pode ser interessante para imóveis que queiram passar uma sensação de aconchego, como em construções com muitos elementos em madeira. Porém, nesse período podem ocorrer sombras que comprometerão o resultado.

Tenha alguns equipamentos fotográficos

As fotos feitas pelo celular têm alguns desafios, por isso, se possível, conte com uma boa câmera. Considere que é um procedimento frequente na imobiliária, portanto, valerá o investimento.

fotografia-imobiliaria
Fotografia imobiliária

Além disso, alguns acessórios são importantes auxiliares, como a lente angular, que permite captar um espaço maior, o que é fundamental para fotografar imóveis. O tripé também é um acessório no qual vale a pena investir, pois evita tremores na hora do clique. Similarmente, um software de edição contribui para corrigir eventuais problemas e melhorar a qualidade da imagem.

Destaque os pontos fortes do imóvel na fotografia

O olhar do fotógrafo é o diferencial para uma boa captura. Por esse motivo, é preciso observar quais são os pontos fortes do imóvel e valorizá-los pela imagem. Se, por exemplo, o local tem uma vista privilegiada, cuide para que ela seja percebida nas fotografias. 

Uma ideia para sair do lugar comum é pensar em qual a sensação que aquele local pretende causar e tentar transmitir isso pela foto. Assim, observe se as características do imóvel passam mais modernidade, praticidade, conforto, aconchego, irreverência, etc.

Nesse sentido, a dica é considerar as fotos do anúncio como um passeio pelo local. Crie uma sequência ordenada e leve o cliente para conhecer o imóvel por meio dos seus cliques. Para chamar a atenção de cara, comece pela parte mais nobre.

O que evitar na hora de fazer as fotografias imobiliárias

Enquanto algumas estratégias ajudam a valorizar as fotografias, existem práticas que prejudicam as imagens e causam um impacto negativo. Saiba o que é preciso evitar.

Fotografar o imóvel sujo ou bagunçado

Ao criar o anúncio de venda ou locação de um imóvel, a ideia é mostrá-lo em sua melhor forma. Por isso, registrar o local bagunçado ou com muita sujeira trará uma impressão negativa ao cliente. Caso as fotos sejam feitas com mobília ou moradores antigos, evite que outras pessoas apareçam no registro. Também é importante tirar objetos muito pessoais da vista.

Em vez de considerar esse procedimento como uma perda de tempo, avalie como cuidados no momento da fotografia que podem ajudar a chamar a atenção para o imóvel e poupar o desgaste de anunciar muitas vezes e não ter retorno. 

Fazer as fotos com flash

Como vimos, a iluminação adequada é fundamental. O flash pode ser necessário em casos muito específicos, mas, na maioria das vezes, é bom evitar. Ele cria sombras e foca apenas em uma parte do ambiente, o que não é interessante. Vale reforçar que o melhor é optar pela luz natural em momentos estratégicos.

Ter pressa

Esse tipo de fotografia não é um grande desafio, porém, exige paciência. Pode ser preciso repetir o clique várias vezes até que ele saia da melhor forma e esse processo toma tempo. No entanto, não é legal fazer o trabalho com pressa, pois será o seu material de divulgação.

Dessa forma, é indicado fazer muitas fotos de várias formas diferentes e depois selecionar as melhores a serem usadas para agregarem valor ao anúncio. Para garantir que usará os registros mais favoráveis, peça a sugestão de outras pessoas.

Em suma, a fotografia imobiliária é um recurso essencial para destacar o seu imóvel. Aproveite as dicas apresentadas neste texto, utilize as técnicas sugeridas e tenha anúncios de sucesso para conquistar a audiência. Quer agilizar os procedimentos em sua imobiliária? Então, leia também sobre como se tornar uma Imobiliária Digital.

Receba conteúdos em seu e-mail