sistema-para-imobiliaria

Sistema para imobiliária: como acertar na hora de contratar?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Índice

Com tantas tarefas e responsabilidades, agilizar os processos e aumentar a eficiência  é um dos grandes desafios da gestão imobiliária.

Não por acaso, a tecnologia se tornou a mão direita de inúmeros gestores do segmento – principalmente na forma dos softwares de gestão.

Se essas ferramentas são tão vantajosas, pode ser uma tarefa complicada escolher o sistema para imobiliária ideal para o seu dia a dia.

Afinal, o que um software deve ter para atender às suas necessidades? Confira a seguir!

Como escolher o melhor sistema para imobiliária?

Realmente, esta não é uma pergunta facilmente respondida. É claro que cada imobiliária possui suas necessidades, demandas, problemas e objetivos específicos.

Para além disso, alguns critérios básicos também devem ser considerados na escolha do melhor ERP: o porte da imobiliária (existem sistemas que são voltados para negócios de menor porte, enquanto outros se voltam para empresas maiores), as necessidades da imobiliária e, é claro, o orçamento disponível.

Atender às demandas do dia a dia e caber nas finanças são pilares indispensáveis na seleção do sistema para imobiliária, mas outras funcionalidades e características também devem ser consideradas.

Prossiga a leitura e tome nota do checklist do software imobiliário ideal!

Checklist do software imobiliário ideal

sistema-para-imobiliaria-2

1. Informações centralizadas e tarefas otimizadas

Um dos requisitos indispensáveis de um bom sistema para imobiliária é centralizar todas as informações do negócio, facilitando o acesso a dados importantes, garantindo que nenhuma informação se perca e otimizando todos os processos do dia a dia.

Afinal de contas, tenha em mente que o objetivo central de todo ERP imobiliário é agilizar as rotinas de trabalho (sem perder a qualidade), aumentando a produtividade de toda a equipe.

Tarefas simples como a emissão de 2ª via de boletos podem exigir tempo e esforços impressionantes, o que demanda otimização e auxílio da tecnologia. Com a ferramenta certa, é possível reduzir até 70% dessas solicitações, reduzindo o volume de tempo/dinheiro gastos com atendimento.

Leia Mais: 6 indicadores de desempenho que você precisa acompanhar na sua imobiliária

2. Praticidade e usabilidade

Este é um critério básico, mas extremamente importante: cheque se o sistema possui uma navegação simples e intuitiva. A tecnologia, afinal de contas, deve ser uma grande aliada e não uma dificultadora das rotinas imobiliárias.

Quanto mais facilidade no acesso às informações e simplicidade na navegação pelas ferramentas, melhor!

3. Cadastro eficiente de imóveis e de clientes

Fazer um cadastro completo e eficiente é o primeiro passo para implementar com rotinas produtivas na imobiliária. Já que vai centralizar todas as informações, o software de gestão deve contar com um sistema eficaz de registro e organização dos dados.

Nesse sentido, observe se o sistema possui as seguintes opções:

  • Cadastro completo de pessoas, com opção de mais um endereço, contato e anexo;
  • Cadastro de imóveis por tipos e subtipos, com a inserção de fotos e vídeos;
  • Definição de grupo de acesso por usuário e filial;
  • Cadastro de contratos de locação vinculados aos imóveis (incluindo variáveis como dados de valor, período de locação, informação do locatário, lançamentos extras relativos ao contrato etc).
  • Controle de imóveis vagos e locados.

Só a partir de dados cadastrados e atualizados é possível automatizar tarefas e poupar horas de trabalho da sua equipe – por isso, fique atento à eficiência do cadastro!

4. Gestão completa e inteligente das finanças

Não tem como negar: a gestão eficiente das finanças é uma ferramenta-chave de todo ERP.

A gestão financeira imobiliária, com todas as suas particularidades e dificuldades, demanda um controle rigoroso e muito bem estruturado para dar resultados.

Dentre os recursos que fazem toda a diferença para a sua administração e que devem ser observados, podemos citar:

  • Emissão de boletos e remessas de cobrança, com envio automático para os bancos;
  • Cálculo completo do faturamento de locações (segmentado por mês ou pelo período desejado);
  • Controle eficaz de inadimplência (com geração de relatórios dos locatários inadimplentes para acompanhamento, além da possibilidade de criar uma carta de cobrança no sistema);
  • Baixa automática dos títulos recebidos de uma única vez, gerando produtividade para o usuário;
  • Imposto de Renda e DIMOB: confira se o sistema possui recursos para auxiliar no envio da DIMOB (Declaração de Informações sem Atividades Imobiliárias), que é anual, assim como no imposto de renda. As ferramentas podem gerar arquivo de texto para envio da DIMOB e gerar automaticamente o imposto de renda, por exemplo.

5. Gerenciamento da carteira de imóveis via internet

Todo bom sistema para imobiliária deve permitir que o usuário acompanhe, através da web, todo o “trajeto” que os imóveis percorrem na imobiliária, desde a etapa de cadastro até o fechamento da venda.

Esse gerenciamento online da carteira de imóveis é indispensável para otimizar a rotina de gestores e corretores.

É interessante que o software permita, inclusive, monitorar a divulgação dos imóveis nos principais portais do país, além de gerar roteiros de visita e propostas de venda e locação.

6. Acompanhamento das negociações com clientes potenciais em tempo real

Com informações centralizadas e muito mais acessíveis, é importante que o sistema imobiliário contratado possibilite que gestores e corretores visualizem toda a jornada de atendimento do cliente que deseja comprar um imóvel, destacando se ele já teve algum imóvel na imobiliária.

Dessa maneira, a imobiliária será capaz de atender de forma muito mais eficiente e personalizada, aumentando as chances de fechar novos contratos.

Alguns sistemas, inclusive, permitem criar perfis dos imóveis, verificando a compatibilidade entre o que é buscado e o que é ofertado.

7. Suporte técnico

Por fim, vale mencionar a importância do suporte técnico oferecido com a contratação do software imobiliário.

Verifique se a empresa em questão oferece apoio especializado e de qualidade para assessorar questões de implementação, manutenção e dúvidas de uso e configuração gerais.

Conheça o Imobiliária21, o sistema para imobiliária mais completo do mercado!

Já ouviu falar sobre o Imobiliária21? O sistema Group Software, completamente integrado com todo o portfólio da Group (mais de 20 sistemas e 15 módulos) conta com todas as funcionalidades acima e muito mais, aliando tecnologia de ponta e inovação contínua.

Saiba mais sobre o Imobiliária21 e entre em contato com a gente para esclarecer suas dúvidas. Estamos à disposição para debater sobre as necessidades e demandas da sua gestão!

Clique aqui para saber mais sobre o Imobiliária21 e entre em contato com a gente para nos contar sobre seu negócio! 

Receba conteúdos em seu e-mail