o que é um consultor imobiliário

Consultor imobiliário: o que é e qual a diferença entre este profissional e o corretor?

Existem diversos profissionais que exercem funções relacionadas à compra e venda e imóveis. Dentre eles está o Consultor Imobiliário. Porém, sua atuação gera bastante confusão quando comparada ao Corretor. Continue a leitura e entenda tudo que envolve o assunto.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Índice

Na maioria das transações de compra e venda de imóveis há sempre uma figura essencial para que o andamento do processo seja seguro e ágil: o corretor de imóveis. Em contrapartida, temos o consultor de imóveis, que não atua na negociação em si, mas, aconselha o interessado a fazer a melhor escolha.

Por terem escopos de trabalho de certa forma parecidos e, até mesmo, relacionados, essas profissões geram confusão quanto à clareza de suas funções e sua legalidade. Quer entender melhor o que é um consultor imobiliário, as particularidades desse trabalho e como se tornar um? Continue a leitura e descubra!

O que é um consultor de imóveis?

Enquanto o corretor tem uma atuação bastante prática, o consultor de imóveis executa um trabalho mais teórico, que envolve estudos e análises. Entenda melhor como é a função de quem presta consultoria.

O que faz o consultor imobiliário?

O consultor imobiliário é encarregado de entender tendências do mercado imobiliário perante o cenário político, econômico e social. Com isso, deve ser capaz de definir se o momento é favorável para a compra ou venda de um imóvel ou não.

Dessa forma, podemos classificar a função como algo mais estratégico. Atende os mais variados clientes, como: corretores, construtoras, incorporadoras, imobiliárias e até mesmo pessoas físicas.Em suma, o consultor deve ser capaz de orientar seus clientes a tomar a melhor decisão financeira em médio ou longo prazo. Isso vale para quem apenas deseja um novo imóvel ou para aqueles que exercem alguma função no mercado imobiliário e pretendem usar o imóvel como um investimento.

Consultor imobiliário
Consultor imobiliário

Qual o seu mercado de atuação?

Por ser um especialista mais teórico, o consultor deve estar sempre com os estudos de mercado em dia. Isto é, ele precisa avaliar qual área da cidade ou estado está com tendência de crescimento. Portanto, vale para uma obra federal, nova infraestrutura, a vizinhança, etc.

Sendo assim, muitas construtoras e incorporadoras imobiliárias têm esse profissional como o seu guia para o lançamento de empreendimentos. Isso porque, normalmente, o consultor é capaz de:

  • entender qual é o potencial da região e de seu público-alvo;
  • entender qual o padrão de imóvel que atrai esse púbico;
  • oferecer diversos contatos comerciais por consequência de um bom networking;
  • assumir algumas tarefas de um corretor.

Novamente, se relacionarmos as funções dos corretores e consultores de imóveis, podemos dizer que o primeiro normalmente tem menos conhecimento teórico que o segundo. Por outro lado, os corretores precisam que as habilidades de relacionamento, negociação e persuasão sejam extremamente desenvolvidas, além de dominarem todos os procedimentos burocráticos que permeiam os negócios imobiliários.

Quais são as principais características de um consultor imobiliário?

O consultor imobiliário, como vimos, tem funções bastante técnicas e precisa de habilidades específicas. Descubra quais são as características importantes para se sair bem nesse ofício.

Postura ética e honesta

Como se trata de um trabalho que envolve previsões e promessas de resultados, ter postura ética e honesta é essencial. Isso garante que as projeções serão sérias e que todos os acordos firmados durante as negociações poderão ser cumpridos. 

É preciso ter em mente que o profissional, seja ele autônomo ou vinculado a uma empresa, tem um nome a zelar. Com isso, deve manter a postura ética e responsável, comprometida sempre com a transparência.

Comprometimento

As negociações com imóveis envolvem grandes valores e muitas vezes uma conquista da vida. Por isso, o consultor precisa ter ciência do impacto da sua função e trabalhar sempre para que o cliente se sinta satisfeito. 

Dessa forma, o profissional tem que considerar não apenas a quantidade de vendas, mas a qualidade dos investimentos. Para isso, é importante buscar entender quais são as necessidades das partes envolvidas e ver como as tendências do mercado podem ajudar a encontrar as melhores alternativas.

Proatividade

Como mencionamos, o consultor realiza um trabalho mais baseado na teoria, o que não significa que ele seja passivo. É preciso se atualizar constantemente e saber adaptar a maneira de se comunicar conforme o público atendido.

Nesse sentido, ao prestar serviço para uma imobiliária, o consultor poderá adotar um vocabulário mais técnico, enquanto no atendimento com proprietários ou compradores deve haver um ajuste de linguagem para ser bem compreendido. É fundamental prezar sempre pela boa comunicação. Caso sinta a necessidade, pode fazer cursos de oratória para melhorar as suas habilidades.

Da mesma forma, é fundamental ter visão estratégica e conseguir identificar as boas oportunidades quando elas surgirem. Para isso, é necessário ser uma pessoa proativa e com senso crítico.

Avidez por conhecimento

É válido reforçar a importância de o consultor imobiliário ser uma pessoa ávida por conhecimento. Isso porque, precisará sempre conhecer diferentes influentes em uma negociação e se manter ciente das mudanças que podem acontecer. Além das projeções, também é essencial ter conhecimentos profundos em direito imobiliário e outras burocracias envolvidas nas negociações dessa natureza. 

Qual a diferença entre consultor imobiliário e corretor de imóveis?

O corretor de imóveis é o profissional devidamente cadastrado no CRECI — órgão que regula a profissão de corretagem de imóveis. Ele prospecta imóveis para sua carteira e exerce intermediação na compra e venda, na locação e até mesmo avaliação de imóveis. O corretor também é responsável por: contratos, visitas, anúncios, captação de imóveis, etc. 

Já o consultor imobiliário, como o nome indica, presta uma consultoria imobiliária. Ele avalia as possibilidades e indica as mais eficazes para cada caso. Tem a capacidade de fazer isso por ser especialista em uma ou mais áreas ou regiões da cidade. Avaliar o momento do mercado atual, tendências e áreas de crescimento estão entre as funções de um consultor de imóveis.

Qual é o salário de um consultor de imóveis?

O salário varia conforme a região e a forma de trabalho escolhida. A média salarial fica entre R$1.500 e R$3.000. No entanto, quanto melhor for o serviço prestado, maiores serão as chances de elevar o valor dos serviços oferecidos.

Como se tornar um consultor de imóveis?

Quer saber como deve ser a preparação de um profissional para atuar no ofício de consultor de imóveis? Descubra nas próximas linhas.

Tenha uma graduação que sirva de base teórica

Ter o ensino superior, na maioria das vezes, não é uma exigência para essa profissão, no entanto, para ter um currículo melhor direcionado e ter se tornar um excelente consultor é importante ter uma base teórica sólida.

Existem instituições de ensino que oferecem graduações específicas para o mercado imobiliário. Além disso, você pode conseguir um bom aporte teórico com áreas como direito e administração. Cursos técnicos e tecnólogos também são válidos para se preparar.  

Estude bastante e especialize-se no setor imobiliário

Como vimos, a melhor maneira de se preparar para ter destaque nesse meio é a partir dos estudos. Dessa forma, é bom contar com fontes de informação seguras, como revistas, sites e blogs imobiliários, além de investir na formação.

Mesmo após ingressar na área, é fundamental continuar se aprimorando para que seu trabalho seja eficiente e tenha bons resultados para os clientes. Assim, será um consultor mais completo, o que fará com que se destaque no mercado.

O consultor também deve conhecer a situação de manutenção e a documentação do imóvel. Isso significa que ele deve entender se existe algum problema e ser honesto com o comprador quanto a empecilhos. Portanto, ser um consultor é buscar a melhor oportunidade para seu cliente.

Ganhe experiência atuando como corretor de imóveis

Um caminho a ser seguido é começar a atuar como corretor de imóveis e depois fazer a transição para a consultoria. É uma boa alternativa para quem deseja ser uma autoridade no assunto, pois essa experiência proporcionará conhecimentos profundos do mercado

Assim, um corretor que deseja ser um consultor imobiliário, deve saber ouvir o cliente e entender exatamente o que ele procura. Isso é, o padrão da construção, a localização, o que é primordial ter naquele imóvel e o que não é prioridade, além do preço estimado. Enfim, deverá realmente oferecer uma consultoria completa para o cliente.

É importante destacar que para obter o registro no CRECI, exigido para corretores, é preciso ter alguma formação específica. Para isso, é necessário ter um curso técnico, tecnólogo ou bacharelado na área imobiliária.

Faça contatos com pessoas e empresas importantes do setor

Um bom networking é essencial para todas as pessoas que trabalham no ramo imobiliário. Ele fará com que você conheça transações importantes, descubra novos empreendimentos e demonstre seu potencial. Com isso, poderá também receber indicações quando precisarem de alguém para prestar consultoria. Nesse meio, é imprescindível construir uma reputação e demonstrar o potencial profissional.

A dica para ter uma boa rede de contatos é estar sempre presente nos principais eventos do setor, realizar o seu marketing digital nas redes sociais e ter um cartão de visitas bem elaborado. Como se trata de uma função que envolve contato direto com o público, é interessante ser uma pessoa comunicativa e simpática, que se dê bem com diferentes perfis.

Em síntese, o consultor imobiliário é um profissional importante nesse meio, que tem um papel significativo na melhoria dos resultados das imobiliárias. Também pode ser um grande auxiliar para pessoas físicas que desejam fazer bons negócios na compra ou venda de uma propriedade. Assim, para se destacar no setor é fundamental investir na formação e aprimorar as habilidades.

A seleção de imóveis do catálogo é um trabalho fundamental para a empresa. Quer saber como ter sucesso nessa etapa? Então, veja também como fazer a captação de imóveis da melhor maneira.

Receba conteúdos em seu e-mail